Entrega das fotos de casamento | Mauro Capozzi

Entrega das fotos de casamento

Entrega das fotos de casamento - 1

É natural que passado o casamento, a ansiedade em receber as fotografias do grande dia passa a tomar conta de todos, mas ao contrário do que possa parecer após os clicks realizados no dia do casamento, existe um longo processo, que pode demorar dez vezes mais horas de trabalho do que o tempo gasto pelo fotógrafo no dia do casamento.

Claro que cada fotógrafo tem sua maneira de trabalhar, mas de alguma forma todos passam ou deveriam passar pelas etapas abaixo descritas para que tenha condições de fazer uma entrega de acordo com o que foi combinado e sobretudo com a qualidade esperada.

Entrega das fotos de casamento - 3

QUAL A IMPORTÂNCIA DO BACK-UP NA FOTOGRAFIA DE CASAMENTO

Na maioria das vezes, logo que o fotógrafo chega do casamento a primeira coisa que ele faz é copiar os cartões de memórias para o computador e inicia o processo de bakc-up das fotos. 

A tradução literal desta palavra de origem inglesa é cópia de segurança. O nome já diz tudo. Ter pelo menos uma cópia de todos os arquivos minimiza alguns problemas caso os originais se percam, oferendo segurança a quem é contratado e para quem contrata. Aliás, muitos fotógrafos não têm essa preocupação, porque acreditam que com eles isto nunca vai acontecer. 

Por esse e outros tantos motivos que é comum escutar histórias de fotógrafos que foram processados por perderem trabalhos inteiros. 

Quando se trabalha com tecnologia, adquire-se alguns aprendizados. Um deles é entender que a questão não é “se” vão acontecer perdas, mas “quando” elas acontecerão. É um processo inevitável, uma vez que máquinas são suscetíveis a falhas ou a invasão de algum vírus, por exemplo. Ainda existe o risco do erro humano e os desastres naturais, como enchentes, incêndios, desmoronamentos entre outros que podem comprometer estes depósitos de dados. 

Existe vários esquemas de back-up. Ter uma cópia é melhor do que não ter nenhuma. Duas cópias, em lugares diferentes, são melhores do que só uma. Uma abordagem mais profissional segue a regra 3-2-1, que estabelece que se tenha três cópias de dados mantidas em duas mídias diferentes e um back-up externo. Este processo pode ser feito automaticamente via softwares específicos ou até mesmo manualmente, embora esta forma não seja a ideal, porque é sujeita a esquecimentos e falhas.

Levando em consideração que são tiradas, mais o menos, 10 mil fotos por evento este procedimento pode levar horas.

Depois de realizada pelo menos três cópias de segurança em HDs externos diferentes, além de manter as fotos no cartão de memória em que foram tiradas, o fotógrafo está pronto para a próxima parte do trabalho.

ORGANIZAR AS FOTOS

Assim que o processo de back-up for finalizado e o fotógrafo tiver, principalmente, conferido se todas as fotos foram copiadas corretamente, começa o processo de organizar as fotos.

Organizar as milhares de imagens de um casamento é uma tarefa que demora e tem impacto na entrega do trabalho. Talvez por isso muitos profissionais optam por não realizarem este procedimento, ou seja, finalizam suas galerias sem nenhuma ordem ou critério. Isso acontece, provavelmente, por estar relacionado ao fato do profissional ter trabalhado horas na finalização das fotos somado a ansiedade de entregar aos noivos fotografias de qualidade e dentro do prazo. Depois de tudo isso, a última coisa que passa na cabeça é analisar e organizar o material antes de passá-lo aos contratantes. 

Apesar de demorada saber organizar e selecionar a quantidade de fotos que serão entregues é fundamental para proporcionar uma experiência agradável de visualização do trabalho por parte do casal e amigos.

Preocupações básicas como separar os momentos (making of, decoração, cerimônia, festa entre outros). Garantir que todas as fotos, de um dado momento, fiquem agrupadas uma ao lado da outra. Ajudam a evitar aquela desagradável sensação de estar vendo fotos da festa e, de repente, aparecer fotos da cerimônia perdidas ali no meio, depois retornar para a festa e assim por diante, ou seja uma bagunça.

Por isso, dedicar tempo para colocar tudo em ordem e em uma sequência fluída das imagens ajuda a contar melhor a história do casamento.

EDIÇÃO E TRATAMENTO DAS FOTOS

Com tudo organizado o fotógrafo está pronto para editar e tratar as fotos. Antes é preciso entender a diferença entre estes dois termos muito usados na fotografia e que causam muitas confusões.

Editar é o processo de selecionar as fotos. Consiste em percorrer todas as fotos tiradas e selecionar aquelas tecnicamente boas e descartar as ruins. 

Já tratar uma imagem envolve a realização de cortes e ajustes de cor, brilho e contraste, processo que na fotografia de casamento busca dar mais naturalidade para as imagens. Prática esta que já vem sendo feita desde a época dos filmes analógicos, quando as imagens eram tratadas nos laboratórios fotográficos.

O processo de edição das fotos acontece mais de uma vez, de maneira a ir refinando as imagens até que restem apenas as melhores imagens que serão tratadas e entregues ao casal.

ENTREGA DAS FOTOS PARA O CASAL

Entrega das fotos de casamento - 8

QUAL O PRAZO DE ENTREGA DAS FOTOS

Para executar o fluxo de trabalho descrito acima de uma forma segura e criteriosa, o fotógrafo vai gastar algo em torno de 100 horas de trabalho, cerca de dez vez mais do que o que ele gastou para fazer os cliques no dia do casamento. O que pode ser traduzido para cerca de duas semanas e meia - de segunda a sexta - de trabalho, oito horas por dia.

Os contratos costumam trazer prazos que variam de 30 a 60 dias para que o cliente tenha acesso ao material completo. 

O prazo pode parecer longo, mas há de se lembrar que paralelo ao processo existem questões administrativas relacionadas a empresa, reuniões com clientes, workshops de atualização e novos serviços. 

Sem contar que é preciso prever um tempo para eventuais imprevistos no meio do caminho, como problemas de saúde, falha em equipamentos, atualização de softwares entre outras coisas. 

QUANTAS FOTOS SERÃO ENTREGUES

A quantidade de fotos entregue é, muitas vezes, erroneamente analisada como um “diferencial” entre um fotógrafo ou outro. 

Aposto que você conhece alguém que não gostou de ter recebido “apenas” 500 fotos do dia do casamento sendo que o fotógrafo tirou cerca de 20 vezes esta quantidade.

É preciso entender que de todo o material produzido, apenas as melhores imagens serão entregues. Assim como acontece com o trabalho de todos os outros profissionais.

No caso da fotografia não é a quantidade que vai fazer diferença, mas sim ter todos os momentos cruciais – como: chegada da noiva, troca de alianças, o tradicional beijo entre outros – registrados. 

Após a conclusão desta fase dos trabalhos o fotógrafo terá selecionado cerca de 500 fotos como resultado final. Um número adequado de imagens, que organizadas, são mais do que suficientes para contar a história do casamento. Afinal ninguém tem paciência para ficar vendo milhares de fotos iguais.

É preciso perceber que ao entregar todas as fotos, o fotógrafo está transferindo parte do processo que ele deveria fazer para o casal. Neste caso, ao contrário do que possa imaginar não se trata de um diferencial, mas sim de falta de cuidado do fotógrafo para com o seu trabalho e o casal. 

COMO AS FOTOS SÃO ENTREGUES

Existem diferentes formas de se entregar o material para o casal. Até pouco tempo atrás muitos profissionais enviam as fotos por e-mail, outros entregavam CDs ou pen-drive, mas hoje em dia a opção mais utilizada para entrega das fotos são as galerias digitais. 

Com o crescimento do número de smartphones e a melhora na qualidade de acesso dados pela internet, as Galerias Digitais tornaram-se a opção preferida dos casais. 

Elas permitem que as fotos estejam disponíveis a qualquer momento. São de fácil visualização e proporcionam comodidade no compartilhamento das imagens nas redes sociais. 

QUAL MATERIAL SERÁ ENTREGUE AO CASAL

Além das fotos entregues, o fotógrafo cria uma proposta inicial de design e diagramação do álbum de casamento, com o objetivo de facilitar ao máximo o trabalho do casal. 

Aqui cabe destacar que uma vez aprovada a diagramação, as encadernadoras pedem um prazo de 30 dias, em média, para confeccionar o álbum. 

Muitos fotógrafos ainda criam um slideshow – com as fotos, músicas e áudios captados no dia do casamento – para contar a história do que aconteceu no dia do casamento de uma forma mais rica. 

Existe ainda a opção de contratar serviços adicionais para criar presentes personalizados com as fotos tiradas no dia do casamento. Porta-retratos, quadros, réplicas do álbum do casamento são opções de sair do lugar comum, na hora de presentar alguém especial. 

Uma vez recebido o álbum e entregue ao casal o trabalho é finalizado. É preciso compartilhar que a mesma ansiedade experimentada pelo casal e amigos para ver as fotos é igualmente vivida pelo fotógrafo, que também quer ver o trabalho concluído no menor prazo possível. 

A verdade é que, num mundo em que tudo parece acontecer quase que instantaneamente, é preciso estar ciente de que uma boa fotografia, assim como muitos outros serviços artesanais, ainda precisa de tempo para que possa ser realizada com qualidade e respeito que o casal merece.

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail